segunda-feira, 31 de maio de 2010

Recolha do último fim de semana

Ainda que o nosso tema seja a fome, temos vindo a provar ao longo do projecto que isso não implica só "más noticias". Senão vejamos mais uma boa noticia no que diz respeito ao combate À Fome:

"Os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram no passado fim-de-semana um total de 2.498 toneladas de géneros alimentares na campanha realizada em 1323 superfícies comerciais das zonas de Abrantes, Algarve, Aveiro, Braga, Coimbra, Cova da Beira, Évora e Beja, Leiria-Fátima, Lisboa, Oeste, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, S. Miguel, Viana do Castelo e Viseu.

A quantidade agora recolhida compara com 1.908 toneladas recolhidas em Novembro de 2008, ou seja, um acréscimo de 30,9%.

Os géneros alimentares recolhidos serão distribuídos a partir da próxima semana a mais de 1.650 Instituições de Solidariedade Social que os entregam a cerca de 267 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confeccionadas.

domingo, 23 de maio de 2010

Dias antes da partida










Os últimos empacotamentos antes da partida e o carregamento da carrinha que levou os produtos para o porto foram trabalhosos e emocionantes,mas deram-nos uma alegria imensa pela sensação de missão cumprida!








Compras de última hora

Com uma parte do dinheiro angariada para o contentor, decidimos comprar os produtos que o voluntário Vitor Barata nos disse serem mais necessários (sal, pasta de dentes, óleo, massas,leite condensado...e um pequeno mimnho ... bolas de futebol ) =)



Aqui fica a reportagem


DESeducar para a cidadania

Como anunciámos aqui no blogue, tinhamos perspectivado um debate com três eurodeputados; Depois de confirmada a realização do debate, e de nos termos preparado como tal, tivémos a infeliz noticia do cancelamento do mesmo, com a agravante de termos sido nós a telefonar insistentemente, dada a ausência de contactos por parte das entidades responsáveis.

A ironia é que, estando esta iniciativa associada ao programa "Educar para a Cidadania", este foi um exeplo de como não educar os cidadãos.

Apesar da culpa da situação nos transcender, pdeimos desculpa a todos os que tinham confirmado a presença na nossa palestra/debate.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

"Escolas em Debate" com Eurodeputados

Embora a pobreza seja normalmente associada aos países em vias de desenvolvimento, Portugal e a Europa são também afectados pela pobreza e pela exclusão social. Ora a pobreza e a exclusão de um indivíduo implicam o empobrecimento de toda a sociedade. A Europa só pode ser forte se utilizar ao máximo o potencial de cada um dos seus cidadãos.

Numa lógica de educação para a cidadania, pretende-se neste Ano Europeu de Luta contra a Pobreza e a Exclusão Social, desafiaram-nos empenharmos-nos na intervenção cívica.Propuseram-nos a realização de debates em moldes diferentes dos habituais em escolas de Lisboa, Porto e Setúbal: 3 jovens debaterão com 3 deputados europeus de sensibilidades políticas diversas, moderados por um aluno mais velho ou por um jornalista. Os primeiros escolhem os temas a debater, sempre relacionados com Cidadania, e os segundos respondem e dão um testemunho de participação cívica e mobilização pessoal. Os debates serão abertos a toda a comunidade escolar.

Aceitámos esta proposta e o debate realizar-se-à dia 14 de Maio, sexta-feira, às 12.00h no auditório José Saramago.

Convidamos todos os alunos e professores a participarem!


quarta-feira, 5 de maio de 2010

Visita da Escola Básica/JI dos Arcos



Na passada segunda-feira, dia 3 de Maio, recebemos a visita do jardim de infância da escola dos Arcos, que simpaticamente fizeram uma angariação de alimentos para o nosso contentor =)


Obrigada aos meninos e às educadoras que se mostraram sempre muito disponiveis!

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Jantar de solidariedade na Quinta do Corvo


Na passada sexta-feira realizou-se o nosso jantar solidário na Quinta do Corvo em Palmela!


Apesar dos muitos contratempos e preocupações tudo acabou por correr da melhor forma, ultrapassando incluivé, as nossas expectativas! Compareceram ao jantar cerca de 240 pessoas, que também elas, sorriram para o nosso contentor :) muito obrigado a todos!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Jantar dia 30 de Abril


É já esta sexta -feira, dia 30 de Abril, que se irá realizar , na Quinta dio Corvo, o nosso jantar do "Contentor dos Sorrisos".
Ao longo desta semana, temos andado a acertar os últimos detalhes, para que tudo corra da melhor forma.
Neste momento contamos já com a inscrição de 149 pessoas, pelo que estimamos que compareçam ao evento cerca de 200 pessoas. Nunca é demais a vossa presença, contamos consigo!
Fica aqui, mais uma vez, o convite, para que possam sorrir para o nosso contentor!





segunda-feira, 26 de abril de 2010

Vídeo - Faz Portugal Melhor

video

Aqui vai o vídeo a concurso no "Faz Portugal Melhor", esperemos que gostem!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Actividade de Sensibilização com Crianças




Na passada segunda-feira, dia 19 de Abril, passámos a tarde na Escola Básica/Jardim de Infância dos Arcos, no âmbito da realização de uma actividade, com as crianças, de Sensibilização para os problemas no Mundo, dos quais destacá-mos, como é natural, a Fome e a Pobreza.
Esta actividade consistia na realização de jogos lúdicos, que de uma forma mais divertida conseguisse mostrar às crianças um problema tão grave como é a Fome e a Pobreza.

Depois de concluida , a actividade revelou-se muito bem sucedida, uma vez que atingimos os nossos objectivos e as crianças divertiram-se!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Iniciativa : 6 de Junho

Marcha Contra a Fome

"A fome é um problema que afecta milhões de crianças em todo o mundo e em relação ao qual não podemos ficar indiferentes.

Juntos por uma boa causa

A Marcha Contra a Fome é uma iniciativa que decorre em diversos países, tendo como parceiros globais a TNT e a Unilever e o objectivo de recolher fundos para as acções do Programa Alimentar Mundial (PAM) das Nações Unidas.

Desde 2006, colaboramos com este Programa através do projecto “Together for Child Vitality”, que visa melhorar a alimentação e a saúde de crianças em idade escolar que vivam numa situação de pobreza extrema. A nossa participação anual na Marcha Contra a Fome é feita não só através do patrocínio à organização, com a marca Planta, como também pela mobilização dos nossos colaboradores, familiares e amigos a participarem na marcha que luta contra a fome infantil.

Com apenas 5 euros (valor da inscrição), os participantes asseguram 25 refeições a crianças dos países mais pobres do mundo, contribuindo para o objectivo da Campanha do Milénio das Nações Unidas, ou seja, erradicar a fome e a pobreza extrema no mundo até 2015.

  • 2007–Mais de 7.900 refeições

  • 2008 –Cerca de 8.400 refeições

  • 2009 – Mais de 25.000 refeições

Em 2010 a Marcha Contra a Fome será no dia 06 de Junho. Participe!"
in http://www.unilever.pt/sustainability/people/marchahometopic1.aspx

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Notícias do nosso Contentor





«A favor de “1 contentor de sorrisos”
Chef Vítor Sobral confecciona almoço de Páscoa na Escola Secundária de Bocage

Cerca de cem pessoas estiveram ontem na Escola Secundária de Bocage a degustar um menu gourmet confeccionado pelo Chef Vítor Sobral, que se juntou à campanha “1 contentor de sorrisos”. A iniciativa, promovida pela comunidade educativa daquela instituição, pretende angariar fundos para enviar a crianças carenciadas de orfanatos em Moçambique.»


"O Setubalense, edição de 31-03-2010"

quinta-feira, 25 de março de 2010

Visita do chefe Vitor Sobral à nossa escola


Foi no passado dia 18 de Março que tivemos a oportunidade de receber o chefe de cozinha, Vitor Sobral. Visitou nossas instalações, na medida em que é ele que vai confeccionar o almoço de Páscoa realizado dia 30 de Março na nossa escola, no âmbito do nosso projecto "Contentor de Sorrisos".

Entre variados assuntos, definiu-se a ementa para o almoço. E que grande ementa!




Obrigada chefe Vitor Sobral, pelo seu sorriso!

Participação no programa BERÇO DA VIDA


O programa BERÇO DA VIDA na RDP ÁFRICA, dirigido por Vilma Vieira, no dia 27 de Março pelas 10h05 terá a sua emissão dedicada ao nosso Contentor de Sorrisos. Contou também com a nossa colaboração bem como a colaboração dos nossos colegas e respectivos professores na mesma entrevista.

Muito obrigada Vilma Vieira por esta oportunidade que contribuiu para uma grande divulgação do nosso projecto.

Visita à GRANDE MANHÃ DA RDP ÁFRICA


No dia 17 de Março, deslocamo-nos juntamente com os colegas do agrupamento de escolas Pêro de Alenquer, ao edifício da RTP, em Lisboa, para uma entrevista na RDP África.

Participámos na GRANDE MANHÃ dirigido pelo jornalista João Pedro Martins que nos recebeu muito bem. Para os seguidores deste posto, puderam ouvir novidades, entre outras notiticas do nosso contentor que vai viajar até Maputo no mês de Maio.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Desejos das "nossas" Crianças

No decorrer das conversas com o voluntário no terreno já aqui muito referênciado, Vitor Barata, foram-nos enviados alguns depoimentos das crianças do Lar "Arco-Iris". Partilhamo- los agora convosco...

video video

Reunião na Câmara Municipal de Setúbal


Deslocámo-nos à Câmara Municipal de Setúbal, para uma reunião, com vista à obtenção de apoios para o projecto "Contentor dos Sorrisos".
Desta reunião podemos tirar de positivo o facto da Câmara se ter mostrado receptiva às nossas propostas, ficando de nos ajudar em várias frentes.
Contamos com o apoio por parte desta, no que toca ao transporte dos produtos para o Porto de Lisboa, à divulgação dos projectos e à obtenção de parcerias.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Jantar dia 30 de Abril

Ficam desde já convidádos para este nosso jantar! é um convite muito especial que esperamos que todos aceitem !
Os contactos estão referenciados no próprio convite, pelo que agradeciamos que confirmasse a sua presença a fim de organizar da melhor forma o evento.
Participem... precisamos do vosso SORRISO!

segunda-feira, 1 de março de 2010

Entrevista a Vitor Barata, um padrinho do nosso CONTENTOR



Entrevista a Vítor Barata – “Grupo da Fome”

Vítor Barata é um dos apoiantes do projecto "1 Contentor de Sorrisos", com a particularidade face aos demais padrinhos e madrinhas, de estar em contacto directo com o problema diário destas crianças, uma vez que se encontra em Moçambique a desenvolver um projecto solidário. Resolvemos, por isso, fazer-lhe uma entrevista, via e-mail, que partilhamos agora convosco, para que fiquem a compreender um pouco melhor as causas que nos levaram a desenvolver este projecto!


1.O que é que o levou a deixar o seu país e seguir para Moçambique, para
abraçar um projecto solidário?

A vontade de concentrar os meus esforços nas carências básicas dos mais necessitados.

2.Por falar em projecto, será que nos pode esclarecer em que consiste a sua
intervenção nesse país? E junto de quem está a trabalhar?

Iniciei o trabalho de voluntariado em Moçambique com as Irmãs da CONFHIC trabalhando nas suas obras sociais desde 2001. Concretamente aqui no Invinha, distrito de Gurué, província da Zambézia, (no centro norte de Moçambique) estou desde 2006. Neste momento trabalho nas secretarias da Escola Secundária e do Internato Masculino que pertencem às Irmãs Franciscanas Hospitaleiras (CONFHIC). Eu desenvolvo voluntariamente, e por iniciativa própria, o “Apadrinhamento-Directo”
http://apadrinhamento.webs.com/ . Assim, consigo prestar apoio alimentar, permitir acesso a bens essenciais e apoiar crianças órfãs em suas próprias casas através de donativos enviados pelas madrinhas e padrinhos de Portugal e de outros países. Este projecto motiva-me mais que os outros, pois está mais próximo das motivações que referi na primeira pergunta, isto é, as necessidades principais dos mais carenciados desta região muito subdesenvolvida e pobre, Invinha, distrito de Gurué, Província da Zambézia (1800km a norte de Maputo).

3.Uma vez que o nosso tema é a “Fome nos Nossos Dias”, queríamos saber
o que pensa uma pessoa como o Vítor, que lida tão de perto com as pessoas
de um país tão afectado pela fome e a pobreza.


Eu estou no interior rural de Moçambique, mais concretamente na alta
Zambézia, no norte. Aqui a pobreza é generalizada. A população não possui quase nenhuns bens. As casas são feitas de blocos de lama do chão, e cobertas de ervas secas, semelhantes a colmo. Quase todos são
camponeses, pois não existem empresas, nem fábricas, nem escritórios onde se possam empregar. Assim, trabalham todos numa agricultura de autosustento. Isto é, cultivam para comerem. Mas a alimentação é muito pobre, principalmente em proteínas e frutos, pouco variada. A água é um grande problema. Por ingerirem água contaminada, presentemente estamos a sofrer uma epidemia de cólera nesta localidade. Eu fui tirar uma foto ao Centro de Saúde, com muitos doentes de cólera. Não me deixaram aproximar, nem pisar o chão da zona de tratamentos, embora estejam sempre a limpá-la com cloro.



4.Em pleno século XXI, ainda se depara com muitos casos em que as
pessoas não têm garantidas as suas necessidades básicas, como é o caso
da alimentação?

A alimentação possível é a que obtêm da horta (a que chamam machamba). Cultivam a mandioca (um tubérculo branco), mapira (um cereal), milho, etc.
Relativamente à parte proteica da dieta, já há mais dificuldades. A principal fonte de proteínas animais talvez seja a galinha, que deixam andar à solta, para se alimentarem de insectos e sementes, dado não terem ração para lhes dar. Também se alimentam de uns peixinhos conservados em salmoura muito pequenos, a que chamam “madjembe”, mas é caro. Depois, surpreendentemente, alimentam-se de ratos campestres, que são muito apreciados. Relativamente a frutas, praticamente só existe manga, banana, papaia, pêra abacate, abacaxi, e o restante é em muito pouca quantidade. Praticamente não existe maçã, e a laranja é muito verde, pequena, ácida e
dura. Portanto a alimentação possível é esta, o que é muito pobre nutricionalmente. Quem tem algum dinheiro mais, pode comprar açúcar, sal, óleo, que são dos bens mais desejados. Por exemplo, para pagar a alguém para cavar uma horta, pode-se pagar com sal ou em barras de sabão, que é um bem muito precioso, igualmente.


5.Como se sente em relação a esse problema?

Como qualquer pessoa fico algo triste por nada poder fazer. Mas através do Apadrinhamento Directo eu tenho conseguido fundos, (donativos enviados pelas madrinhas) para comprar alguns dos bens em falta para estas famílias, principalmente para as famílias mais carenciadas, famílias sem pai, em que o pai faleceu devido ao HIV/Sida, e mãe é seropositiva ou também faleceu, os órfãos são crianças pequenas e assim ficaram em situação de vulnerabilidade agravada.

6.Como sabe, tencionamos enviar um contentor com diversos produtos para
o “ Lar Arco-íris”, o que acha deste projecto e da sua importância nessa
comunidade?


Nesta região, Alta Zambézia, 1800 km a norte de Maputo, a pobreza é
praticamente generalizada. A maioria das pessoas apenas tem roupa muito velha e deteriorada, rasgada, alguns andam descalços, por não terem dinheiro para chinelos. Não há emprego, apenas umas fábricas de chá. A maioria das pessoas é camponesa e vive em pequenas palhotas espalhadas pela floresta. A maioria das crianças nem tem pasta escolar, guarda os cadernos num saco de açúcar vazio, o seu pequeno-almoço pode ser apenas um pouco de mandioca seca, que vão a roer pelo caminho. Muitos, por vezes nem almoçam. Isto também se deve ao facto de a taxa de natalidade ser muito elevada, (em média 6 crianças por família), consequência de casamentos prematuros, e de não haver qualquer planeamento familiar. Os partos dão-se quase anualmente, o que é incomportável fisicamente para a jovem, que frequentemente acaba por falecer num desses partos, muitas vezes por parteiras tradicionais, dada a raridade de centros de saúde. Assim ficam muitas crianças órfãs. Outro problema desta cultura é a tradição matrilinear. Isso significa que, na morte da mãe, o pai deve abandonar as crianças aos parentes maternos (avós maternos, tios maternos, etc.). Essas crianças acabam por andar a vagabundear pois os parentes maternos já estão sobrecarregados com outras tantas crianças além das suas próprias.

7.Quais são as principais necessidades que atingem, particularmente as
crianças?


Começando por uma alimentação mais rica nutricionalmente (ex.: quase
ninguém consegue dinheiro para beber leite), roupas, uniformes escolares (aqui é obrigatório, calçado (pelo menos chinelos), e acaba por ser a melhor roupa da criança), materiais escolares (é frequente nem terem dinheiro para uns míseros caderninhos A5 baratos, lápis, esferográfica, lápis de cor e pasta escolar).

8.As crianças a quem irá chegar o contentor, já têm conhecimento disso?
Como reagiram?

Estão com muita esperança. Já sabem os que as espera, pois recentemente, através de mim, receberam muitos donativos provenientes dum contentor de 40 pés enviado pelo Município de Vila de Rei. Esse contentor viajou os 1800 km de Maputo até aqui ao norte de Moçambique.

O Contentor De Sorrisos no programa CONSIGO na Rtp2

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

No Auditório Municipal Charlot - Setúbal “Combate à Pobreza e à Exclusão Social pelo Caminhos da Inovação Social”

“Combate à Pobreza e à Exclusão Social pelo Caminhos da Inovação Social” é o tema das Jornadas Nacionais da Cáritas, a realizar esta quarta e quinta-feira no Auditório Municipal Charlot, em Setúbal.

As jornadas têm como principais objectivos assinalar o Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social e equacionar os factores que mais contribuem para a extensão e complexidade da pobreza.

Os trabalhos têm também a finalidade de descobrir novas formas de intervenção social para a erradicação da pobreza e da exclusão social, bem como promover a reflexão sobre a responsabilidade individual e colectiva que geram aqueles fenómenos sociais.

O encontro de dois dias, realizado com o apoio da Câmara Municipal, conta com as participações da presidente da Autarquia, Maria das Dores Meira, que intervém na sessão oficial de abertura, às 12h15 de hoje.

O presidente do Tribunal de Contas e do Conselho Fiscal da Cáritas Portuguesa, Guilherme Oliveira Martins, que profere a conferência, também amanhã, às 10h00, sobre “Combate à pobreza no quadro da globalização”, e o jornalista Manuel Vilas Boas, da TSF, que conduz, na quinta-feira, a partir das 16h30, o debate de encerramento, são outras individualidades que se associaram às Jornadas Nacionais.


Fonte: http://www.rostos.pt/inicio2.asp?cronica=211012&mostra=2&seccao=agenda&titulo=No-Auditorio-Municipal-Charlot-Setubal
23.2.2010 - 15:37

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Noticias do Contentor

O contentor tem ocupado grande parte do nosso tempo... vamos-nos dividindo entre contactos, conversas, reuniões, campanhas na escola... pequenas organizações que se demonstramm fundamentais!
Começámos a divulgar o nosso projecto na escola, colocando cartazes e caixas onde as pessoas poderão deixar os contributos. Tencionamos , para a semana, iniciar a divulgação no seio das turmas, de modo a estreitármos mais contactos com a comunidade escolar.
Por agora, temos tido alguns generosos contributos, essencialmente de alunos, que dia após dia fazem o nosso contentor e os nossos sorrisos aumentar um pouco mais !

Os contributos começaram por ser timidos...



... agora ja temos algum material e é imperativo começar a separá-lo e empacotar





Continuem a contribuir, ainda nos falta percorrer um longo caminho

Não Fiques Indiferente a Este Drama !

video

A cada 3 segundos uma criança morre de fome extrema, tu podes parar esta situação. Faz história com as tuas atitudes!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Michael Jackson "Heal the world"

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Divulgação do Contentor na nossa escola !
















Contentor dos =) no Setubalense

Esta semana saiu uma noticia no Setubalense acerca do nosso Projecto "Contentor dos Sorrisos"!
Passo a passo vamos caminhando no sentido da divulgação !

domingo, 31 de janeiro de 2010

Exposição "OS ROSTOS DA FOME"

video

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Ano Europeu Contra a Pobreza e a Exclusão Social


"Apesar de a União Europeia ser uma das regiões mais ricas do mundo, 17% da sua população não tem os meios necessários para satisfazer as suas necessidades mais básicas.
A pobreza é normalmente associada aos países em vias de desenvolvimento nos quais a subnutrição, a fome e a falta de água limpa e potável são desafios quotidianos. Contudo, a Europa também é afectada pela pobreza e pela exclusão social, onde apesar de estes problemas poderem não ser tão gritantes, são ainda assim inaceitáveis. A pobreza e a exclusão de um indivíduo implicam o empobrecimento de toda a sociedade. A Europa só pode ser forte se utilizar ao máximo o potencial de cada um dos seus cidadãos.
Não há nenhuma solução milagrosa para acabar com a pobreza e com a exclusão social mas uma coisa é certa: não podemos vencer esta batalha sem si. É tempo de renovarmos o nosso compromisso para com a solidariedade, justiça social e maior inclusão. Chegou o momento do Ano Europeu Contra a Pobreza e a Exclusão Social.
Um valor fundamental da União Europeia é a solidariedade, particularmente importante em tempos de crise. A palavra “União” diz tudo – enfrentamos juntos a crise económica e é esta solidariedade que nos protege a todos."


quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Tragédia no Haiti


A nossa frase mais caracteristica é "De Olhos na Fome", mas estamos também "De olhos no Mundo que nos rodeia", por isso mesmo, não poderiamos ficar indiferentes à actual situação do Haiti.

O sismo que, dia 12 de Janeiro, destruiu quase por completo a capital do Haiti ganha uma dimensão cada vez que surgem novas imagens da tragédia. Com as comunicações cortadas a luta para obter informações sobre a verdadeira dimensão da catástrofe avança a passos lentos. A Internet tornou-se no meio de comunicação privilegiado para conseguir falar com os locais e é também através dela que chegam as principais fotografias e vídeos.

Da nossa parte, utilizaremos este meio tão importante que é a internet para, mais uma vez, sensibilizar as pessoas para esta catástrofe humanitária que està a assolar o sul do país mais pobre do Hemisfério, e para a ajuda que será necessária por parte de todos.

Assim, enquanto uns partem para o terreno para a ajuda no local, todos podemos contribuir, transferindo donativos para :
a conta Cáritas Ajuda Haiti com o NIB: 0035 0697 0063 0007 5305 3;
a conta de emergência do Haiti (NIB 0007 001 500 400 000 00672 ou Multibanco - Entidade 20909, Referência 909 909 909);

Podemos ainda ajudar, enviando sms para o número 61906 revertendo 60 cêntimos (+ IVA) para a missão da AMI no terreno, ou telefonando para o número 760 206 206 (para ligar da rede fixa ou móvel), que reverterá a favor da AMI, Cruz Vermelha e Médicos do Mundo no Haiti.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

"1 Contentor de Sorrisos"

1contentordesorrisos PDF





Olá a todos!

Este mês,como já foi dito anteriormente, gostariamos de partilhar connvosco, um projecto que estamos a desenvolver paralelamente ao projecto "De Olhos na Fome", denominado "1 Contentor de Sorrisos". Este Projecto, conta com a colaboração de alunos e professores da Escola Secundária de Bocage (Profs Fátima Campos e Liliana Campos, Projecto "De olhos na Fome" e Turma Prof. Técnicos de Apoio à Infância) e do Agrupamento de Escolas de Pêro de Alenquer (Profs Mª Barata, Edite Emiliano, Célia Anágua, Projecto Oficina do Bem-Estar).

Durante o mês de Janeiro o Contentor precisa de:

*Livros escolares
*Canetas
*Cadernos
*Cores
*Lápis
*Estojos
*Borrachas
*Mochilas


Para isso, contamos com a ajuda de todos!


Vamos estar na sala de alunos, no átrio de entrada e na sala dos professores !


Não Fiques Indiferente a Esta Causa!

sábado, 9 de janeiro de 2010

Jogo Contra a Pobreza




"Esta será a primeira vez que as Nações Unidas se associam directamente a um clube de futebol para a realização do Jogo Contra a Pobreza." Esta é mais um boa iniciativa e prova que é um tema não esquecido por parte da sociedade.
"Metade da receita do jogo irá para a Fundação Benfica e destina-se a projectos de desenvolvimento social na África Lusófona, enquanto a restante será gerida pelo PNUD em favor de projectos de desenvolvimento.

As verbas angariadas nos anteriores seis jogos beneficiaram iniciativas contra a pobreza que foram desde apoios que abrangeram empreendedores do sexo feminino à construção de centros desportivos para crianças de rua e grupos desfavorecidos. Os fundos apoiaram projectos na Ásia, África e América Latina."

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Ano Novo, Vida Nova, Logótipo Novo!



Nada melhor para entrar num novo ano que uma "cara renovada", daí surgiu o nosso logótipo que daqui em diante irá ser umas das nossas imagens de marca!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

2010 cheio de projectos!

Em primeiro lugar queremos desejar um Bom ano para todos!

Começámos este ano 2010 cheias de vontade de levar este projecto adiante e com muito trabalho a fazer. Assim, este novo ano trouxe-nos boas noticias no que toca a uma campanha com a qual temos vindo a colaborar - "contentor dos sorrisos"- e que parece estar a evoluir de dia para dia.

Deste modo, partilhamos agora convosco o intuito desta campanha que ainda esta no inicio mas que promete ser um grande projecto com a ajuda de todos.
"Um Contentor de Sorrisos" é uma campanha de angariação de vários produtos,a desenvolver por alunos e professores da Escola Secundária de Bocage (Profs Fátima Campos e Liliana Campos, Projecto "De olhos na Fome" e Turma Prof. Técnicos de Apoio à Infância) e do Agrupamento de Escolas de Pêro de Alenquer (Profs Mª Barata, Edite Emiliano, Célia Anágua, Projecto Oficina do Bem-Estar), para encher um contentor para um orfanato de Maputo, mostrando que a escola é também um lugar de solidariedade.

Para ficarem "a par" dos desenvolvimentos mais recentes deste ambicioso projecto basta consultarem o blogue criado nesse sentido: http://1contentordesorrisos.blogspot.com/

De resto, vamos trabalhar na elaboração duma maleta pedagógica a ir a concurso no "Faz Portugal Melhor", numa exposição fotográfica a realizar na nossa escola e na organização duma palestra. Com tudo isto vamos ter um 2º Período recheado e desafiante .